Para obter uma governança de dados efetiva é necessário usar dispositivos móveis próprios das empresas. Entenda o porquê!

 

É fato que nossa comunicação mudou completamente com a chegada da tecnologia. O modo com que trabalhamos também está incluso nessa mudança. Em praticamente todas as áreas, as atividades cotidianas também transformaram seus métodos, assim como a velocidade em que as informações são transmitidas aumentou muito. Sendo assim, hoje as empresas devem permitir que os seus colaboradores tenham permissão de acesso aos mais variados processos administrativos em apenas um clique. A evolução incontestável dos dispositivos móveis é, com certeza, um dos principais motivos que tornaram tudo isso possível.

As empresas e os dispositivos móveis

Novas perspectivas surgiram para o mundo corporativo à medida em que as pessoas recebem dados simultâneos até mesmo em seu telefone celular. Por isso, não podemos mais negar que é imprescindível falar de mobilidade corporativa. Hoje, tornou-se algo necessário em qualquer segmento, setor ou área empresarial.

Uma prática comum entre as empresas é ter colaboradores exclusivamente responsáveis pelo atendimento ao cliente. Para manter tudo organizado e feito com agilidade, é corriqueiro utilizar-se de ferramentas como e-mails, chats, etc., principalmente quando este mesmo colaborador precisa ir até o cliente para atendê-lo. Isto é, a partir daí, toda a comunicação com a empresa e compartilhamento de arquivos e outros dados sensíveis são feitos por meio de dispositivos móveis, como smartphones, tablets e até notebooks.

Por esse motivo, é essencial que as empresas comecem a investir em dispositivos móveis próprios, e com isso, obter um controle de dados e propriedade intelectual competentes

Mobile Device Management

As soluções MDM (Mobile Device Management) permitem que colaboradores e empresas façam uso de dispositivos móveis com segurança. Além disso, os dados dos usuários, principalmente para dispositivos utilizados por colaboradores da linha de campo, podem ser gerenciados com esta funcionalidade. Tudo isso significa mais segurança e eficiência para exercer sua profissão junto de aplicações e dispositivos móveis através de ferramentas para a mobilidade corporativa. 

Diferentemente do que a grande maioria pensa, a mobilidade corporativa não funciona apenas para a área da tecnologia, como para desenvolvedores e analistas de suporte. Companhias dos mais variados segmentos também podem usufruir deste benefício, como exemplo, empresas de marketing, logística, agronegócio, vendas, distribuição, entre outras já trabalham com seus próprios dispositivos móveis gerenciados.

Por meio das facilidades do MDM, é possível:

  • instalar e atualizar aplicativos a distância;
  • compartilhar arquivos e mensagens;
  • contabilizar a quantidade de aparelhos;
  • constatar dados de uso, como armazenamento, consumo, nível da bateria, etc.;
  • saber da localização do dispositivo em mapa;
  • bloquear dispositivos desaparecidos ou furtados e muito mais.

Portanto, a resposta para a pergunta de nosso título é: por motivos óbvios, esta série de funcionalidades somente é possível em dispositivos que sejam de propriedade da empresa. Segurança, desempenho e controle dos dispositivos móveis são fundamentais para qualquer corporação que se utiliza da mobilidade corporativa.

Que saber mais sobre MDM? Clique aqui!