Não, isso não é uma jogada de marketing. Pequenas e médias empresas estão enfrentando um risco real!

Eu sei, você deve estar pensando: mas e os bancos e grandes corporações, não são alvos bem mais desejáveis e rentáveis do que as pequenas e médias empresas que estão começando a crescer e lucrar?

A verdade é que os cibercriminosos descobriram que atacar corporações de menor porte é muito lucrativo… e fácil.

Me desculpe, se você é proprietário de uma empresa de pequeno porte, essa frase provavelmente causou um frio na espinha. Nós escrevemos assim, em tom de alerta porque isso é algo que você precisa saber para evitar que alguns minutos de oportunismo levem o trabalho e dedicação de muitos anos. 

 

O que exatamente está acontecendo?

Já ouviu falar que, de grão em grão, a galinha enche o papo, certo? Então, os cibercriminosos perceberam que pequenas e médias empresas geralmente não possuem um orçamento dedicado à cibersegurança, deixando dados e sistemas muito mais expostos do que as corporações maiores. De maneira prática isso significa prejuízo para os empreendedores e dinheiro fácil para os criminosos que aproveitam essas brechas. 

 

Então, o que os proprietários de pequenas e médias empresas precisam fazer?

Existem algumas ações a serem tomadas para garantir que seu investimento está a salvo destes bandidos. Vamos conhecer quais são:

Investir em cibersegurança: Isso vai muito além de antivírus nos computadores e senhas fortes de acesso. É preciso contratar uma empresa especializada que conseguirá rastrear as principais fraquezas em todos os sistemas e computadores utilizados, estabelecendo a melhor estratégia de defesa a longo prazo e aplicando todas as mudanças necessárias. 

Treine sua equipe: Estas mudanças geralmente tendem a vir com novos hábitos no comportamento dos colaboradores. Portanto, é necessário que entendam o motivo de ter que adicionar um passo ou dois na sua rotina. 

Um estudo da Untangle verificou que um grupo de restaurantes que já havia investido em cibersegurança voltou a sofrer novos ataques pois nem todas as pessoas que trabalhavam no local, seguiam o protocolo como deveria ser feito. O que abriu uma brecha para os cibercriminosos. 

Tenha profissionais de TI especializados: Além da equipe externa que irá te acompanhar, é importante ter alguns profissionais internos que possam acompanhar e verificar eventuais falhas, além de atuarem na conscientização de colaboradores periodicamente, para evitar problemas futuros. 

 

Investir em cibersegurança evita uma conta alta

Assim como o seguro que você faz para a sua casa ou carro, a cibersegurança é uma ferramenta que pode evitar a completa destruição do seu patrimônio. Entender a importância e necessidade de aplicá-la o quanto antes é fundamental para a manutenção e crescimento da sua empresa.

Não deixe mais nem um segundo de vulnerabilidade atrapalhar os seus planos, conheça a Manager One e deixe seu investimento seguro!